Capa infográfico fortalecer vinícolas brasileiras 2020 - brUva

A pesquisa possui uma estratégia proativa em conjunto com as vinícolas brasileiras. A principal função é conhecer o hábito dos amantes de vinho para que nossas vinícolas possam, cada vez mais, satisfazer seus clientes.

As informações compartilhadas na pesquisa podem trazer oportunidades para nossas vinícolas se desenvolverem e buscarem o seu novo normal. As comunidades precisam de unificar em busca de esclarecer as necessidades dos consumidores e se fortalecer como parte do mercado global.

infográfico brUva - Qual o habito de consumo de vinho brasileiro

  • A pesquisa foi realizada com 434 pessoas pelo brUva. O hábito de tomar vinho é coletivo com 99,1% de consumo com algum tipo de vinho.
  • 93% dos participantes compartilharam consumir vinhos brasileiros. No entanto, os principais motivos de não consumir são 55% por possuir um valor alto e 23% de não conhecerem os vinhos nacionais.
  • 8 em cada 10 consumidores bebem o vinho tinto seco (82%), no entanto, 58% desses tomam mais de 1 tipo de vinho, incuindo branco, rose, espumante ou frisante,
  • O segundo tipo de vinho que prevalece na pesquisa é o espumante com 60% do consumo seguido do vinho branco com 56%.
  • Apenas 25% relatam tomar somente um tipo de vinho, evidenciando que o consumo de vinhos não é padrão e vários tipos podem agradar ao mesmo consumidor.

Como o hábito de consumo de vinho do brasileiro?

A pesquisa revela que o hábito de tomar vinho vai além de ocasioes comemorativas, com 76,4% dos participantes consumindo vinhos semanalmente e 52% mais de uma vez por semana.

Qual o hábito de consumo de vinho?

90% dos consumidores semanais de vinhos compram, no mínimo, 2 garrafas e desses 1 em cada 3 compram de 6 garrafas ou mais

Apesar dos vinhos nacionais serem conhecidos pelo alto custo, 61% dos consumidores pagariam acima de 40 reais por uma garrafa de vinho.

Onde se tem hábito de consumo de vinho brasileiro?

Onde são os hábitos de compras vinhos nacionais

  • O canal de venda mais comum é o supermercado com 79%.
  • As adegas são procuradas como canal de compra em 46,1% dos consumidores
  • 44,2% dos participantes realizam a compra on-line dos vinhos. E 25% dos participantes que realizam a compra on-line dos vinhos pretendem comprar + de 4 garrafas na proxima compra
  • Apenas 6,7% tem habito de comprar vinhos apenas pela internet

 

De acordo com o Instituto do Vinho Brasileiro, IBRAVIN, a indústria nacional está em larga desvantagem sob o ponto de vista do canal de venda. A imagem superior que o consumidor possui dos vinhos importados, aliado a uma política de preços muito semelhante ou inferior aos preços praticados pela indústria nacional, constituem o ponto crucial que explica a vantagem dos importados em detrimento dos nacionais no canal de venda.

Diferencias do brUva

Com o intuito de mudar essa visão, o brUva oferece as vinículas brasileiras um canal de vendas aberto, prático e de fácil acesso ao cunsumidor final para que brasileiros possam compartilhar da qualidade do vinho nacional e fortalecer nossas vinículas para a competir em preço e disponibilidade de seus vinhos!